Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/modamani/public_html/includes/config.php on line 6
modamanifesto
  Busca
  “Se o RS quer sobreviver a ‘avalanche chinesa’ deve investir em inovação, design e criatividade.”

Por Julia Capovilla*

O presidente do RS Moda, João Paulo Reginatto, falou sobre o potencial gaúcho no setor da moda e como os empresários podem diferenciar seus produtos no mercado mundial, durante a abertura oficial da Semana da Moda RS, ontem (11/7), no Centro de Eventos da Fiergs.

Inúmeros representantes do setor da moda do RS inauguraram oficialmente a IV Feira RS Moda Show, na noite de ontem (11/7), um dos eventos que acontecem simultaneamente ao RS Fashion e ao II Encontro da Moda e Negócios do RS. Todos compõem a Semana de Moda RS, de 11 a 13 de julho de 2006, no Centro de Exposições da Fiergs.

Abertura do RS Moda

Durante a cerimônia, João Paulo Reginatto, presidente do RS Moda e da empresa Sultextil, além de vice-presidente da Câmara de Comércio Italiana – Rio Grande do Sul – Brasil, falou da importância do evento para o setor da moda e da parceria sólida com a Fiergs. Reginatto ressaltou as dificuldades em envolver as empresas calçadistas do vale nas iniciativas, mas acredita no potencial gaúcho. “Nós produzimos moda em couro, por isso queremos trazer o setor coureiro-calçadista para participar do evento.”

O presidente do RS Moda ainda disse que os chineses não devem representar uma ameaça, pois a fatia de mercado que eles abrangem, são as de produtos baratos e de baixa qualidade. “O diferencial gaúcho está na qualidade. A moda é dinâmica e devemos agir, aproveitando as oportunidades, como os projetos e incentivos brasileiros.” Reginatto salientou a existência de Micro e Pequenas Indústrias no Estado que possuem um número mínimo de funcionários, mas já exportam toda sua produção para a Europa. Para finalizar, deixou um recado aos empresários: “Fortes nós já somos, pois somente a indústria têxtil gaúcha gera 1 milhão e 600 mil empregos. Devemos, agora, nos tornar competitivos. E somente unidos é que vamos conseguir. Não adianta nada ficar se lamentando”.

* Julia Capovilla tem 25 anos, trabalha com comunicação, é publicitária por descuido e estuda jornalismo por opção. Além disso, adora moda e não vê nada de errado nisso.

Foto: Júlia Capovilla


Copyright © 2006 - 2013 - modamanifesto
Site melhor visualizado no Mozilla Firefox e no Google Chrome.