Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/modamani/public_html/includes/config.php on line 6
modamanifesto
  Busca
  Temporada de Inverno 2010-2011 – Paris


Ana Carolina Acom *

Para finalizar meus pareceres sobre as semanas de moda mais importantes do mundo, vamos conhecer o que escolhi dentre as marcas que desfilam em Paris.

Entre os clássicos trago a Chanel, que embora tenha desapontado alguns, achei belíssima. Afinal de contas, damas da neve sempre me seduzem e além do branco total, a marca apresentou indumentárias lindas, dignas da gelada Sibéria. Em John Galliano, destaque para os enlouquecidos penteados, os quais eu comparo ao personagem Sideshow Bob dos Simpsons. Na Christian Dior, Galliano trouxe cartolas e xadrez que deram um ar inglês a marca, e tons chocolate deliciosos.

O desfile póstumo de Alexander McQueen foi mesmo para mexer com as emoções. Sem dúvidas foi seu réquiem, composto por anjos, barroquismos e inspirado nas perturbadoras obras do artista Hyeronimus Bosch, que tinha como objeto o céu e o inferno.

A Hermès apresentou interessantes figuras com os melhores elementos masculinos do séc. XIX, nada de dândismo, a inspiração são homens comuns com seus jornais de baixo do braço e chapéu-coco. 

Entre os desfiles que merecem destaque, está o da Givenchy, com toques muito bacanas de vermelho sangue em meio ao preto e branco, como já havia sido notado na Dsquared em Milão. A.F. Vandevorst desfilou o mais belo tom de “nude-caramelo” em alguns looks e em outros o preto desbotado da maneira mais chique que poderia existir. As botas montaria da marca, acima do joelho, são artigos essenciais do próximo inverno.

Quem não poderia faltar é o estilista mais importante da nova geração: Gareth Pugh. Que formas fantásticas! Ele sempre traz o preto artístico, minimalista e genial, mas dessa vez, sua sobriedade e criatividade resultaram em peças usáveis e bastante elegantes.

E para terminar... Enquanto o mundo clama por formas retas, limpas e comprimentos mini, Marc Jacobs mostra a Louis Vuitton em modelos 50’s: saias rodadas em ritmo de New Look. Alguém ousa ignorar? Achei lindo, embora eu não esteja nada no clima. Será que a mulherada vai encarar?  

*Ana Carolina Acom é graduada em filosofia pela UFRGS e especialista em Moda, Criatividade e Inovação pelo SENAC – RS. Atua como pesquisadora e consultora de moda e semiótica das vestimentas. Possui artigos publicados em todo país, e é responsável pela consulta de estilo da marca fragmentos.

Fotos: Reprodução


Copyright © 2006 - 2013 - modamanifesto
Site melhor visualizado no Mozilla Firefox e no Google Chrome.