Busca
  Fashion Rio – Verão 2012

0
0
0
0
0
0
0
0
0

Ana Carolina Acom *

Como diria Júpiter Maçã: “Segue agora um mosaico de imagens mil”. Convido-vos a conferir meus prediletos dentre os desfiles do Fashion Rio.

Inicio pela 2nd Floor, com seus tie-dyes estilo radiografia humana, bastante interessantes. Calças jeans de lavagem bem clarinha contrastaram com blusas em cores fortes, como a deliciosa camiseta amarela de esqueleto.

Próximo: Filhas de Gaia – lindos vestidos longos e com fendas generosas para mulheres muito elegantes. As cores fortes como o laranja e o azul coordenaram as peças de maneira inteligente e única. Aliás, os azulões apareceram muito nas últimas temporadas por todo o mundo e se assumem cada vez mais como forte tendência. As lindas estampas da marca inovaram em padronagens originais e de excelente bom gosto. Outros detalhes a ser observados foram os acessórios: os vestidos e as saias longas são propostos com cintos bem na cintura e saltos muito altos com a amável plataforma embutida.

Com uma cartela de cores adoráveis em azul, blush, berinjela e muito branco, vem Walter Rodrigues em um minimalismo contagiante. A coleção demonstra sua genialidade em fazer uso do estilo mais clean possível e prova que ele pode atuar em todos os segmentos e sempre ser atemporal. Nada de modismos, e sim uma coleção simplificada e belíssima.

Muito linda eu achei a coleção da marca Ághata, desde a escolha dos acessórios na produção do desfile, sapatos e sandálias até o uso maravilhoso de texturas e volumes explorados nas roupas. As sobreposições e escolha de tecidos deram muita leveza às peças, além disso, as cores adotadas em tons de areia e o uso de muito branco permitiram um ar etéreo e extremamente chique.

A marca Auslander, cujas coleções eu sempre adoro com seu estilo preto e bastante soturno, dessa vez foi a estrela da temporada trazendo dois modelos de extremo destaque: Rick Genest, mais conhecido como Zombie Boy e Andrej Pejic o modelo masculino e totalmente andrógino capaz de transitar entre os limites dos gêneros. Além dos tons escuros, o branco também se fez presente e as transparências foram usadas de forma bela e nada apelativa.

A Têca ganhou meu coração no quesito estamparia. Trazendo um étnico nada clichê, misturou motivos de savana com cores e abstrações no mesmo look. Tudo apresentado em uma excelente alfaiataria com barrigas estrategicamente de fora, deram à coleção um ar verão bem novo em termos de estilo.

Outra estampa que gostei muito foi a em tons de bege e marrom da Cantão, foi então minha surpresa que ao observá-la nos detalhes, vi que se tratava de um bordado com pedacinhos de madeira ou algo do tipo. Muito lindo mesmo! Os vestidos longos e curtos estão ótimos para as temperaturas do verão brasileiro, fresquinhos e com volumes bastante interessantes. Destaque para as lindas pulseiras e para os colares com formas geométricas.

Indo para o encerramento, vem a Coven com um desfile elegantérrimo: usando franjas (minha adoração), saias até a canela, brilhos suaves e listras inspiradoras, tudo isso em vestidos para todos os gostos, soltos ou justos.

Termino com a super colorida Totem: mais dos longos e gostosos vestidos, alguma alfaiataria como o lindo casaco amarela com estampa e prateados “sutis” em vestidos e nos tênis.

Bom, essas foram minhas impressões sobre meus “prediletos” do Fashion Rio! Espero que tenham curtido! See you!

*Ana Carolina Acom é graduada em filosofia pela UFRGS e especialista em Moda, Criatividade e Inovação pelo SENAC–RS. Atua como pesquisadora e consultora de moda e semiótica das vestimentas, através de palestras, produções e desenvolvimento de figurino. Possui artigos publicados em todo país e atualmente reside em Montreal – Canadá, realizando pesquisas de tendências para marcas do Brasil, em que é responsável pela consultoria de moda e estilo. Além disso, integra o projeto “As Carolinas”, com atuações em diferentes setores da moda.

Fotos: Reprodução




Copyright © 2006 - 2013 - modamanifesto
Site melhor visualizado no Mozilla Firefox e no Google Chrome.