Busca
  Paris Outono/Inverno 2006/07


Ana Carolina Acom *

Paris, há séculos a capital da moda, ditando tendências ao mundo inteiro. Lugar do mundo onde se realizam, além do desfiles prêt-à-porter, os desfiles dos mestres da alta-costura do mundo. Cada estilista, que lá tem o privilégio de exibir suas criações, é esperado ansiosamente por adoradores da moda a cada nova estação.

A semana da moda de Paris, apresentando as coleções para o outono/inverno 2006/07, teve influência direta da história das indumentárias. Uma espécie de homenagem a tempos idos. Vestidos de todos os tipos foram apresentados, para todos os gosto e remetendo a diferentes épocas. Christian Dior buscou um estilo rock’n’roll – cigano, com bandanas, couro e peles. A Comme-des-Garçons envolvendo a silhueta em mistério, fez uma releitura retrô de seus vestidos, com panos em abundância, ar teatral e máscaras lembrando atores de ópera. Vivienne Westwood, criou sua princesa de cetim, Jean Paul Gaultier remeteu ao séc. XVIII, com golas e gravatas, bonecas e cães na passarela. E Chanel, já pensou nos vestidos antigos em um tom mais clássico, com rendas escuras, crochê e tafetá pregueado, estilo Directoire (regime político da França, de 1795 a 1799).

Destaque absoluto para as criações de McQueen, que consegue nos comover a cada estação, há muito já consagrado ele se superou mais uma vez. Suas peças foram geniais, pois ele conseguiu mesclar idéias ultra criativas com roupas vendáveis e usáveis, em um conteúdo absurdamente lindo. O convite para seu desfile possuía um camafeu em preto e branco, com a gravura de uma garota estilo “Era Eduardiana”. O que já dá para deduzir as influências de sua coleção. Tem se comentando muito sobre as tendências na moda inspiradas na era vitoriana, essa também aparece no desfile de Alexander McQueen.

As modelos surgiram com chapéus e coroas com ninhos, pássaros e aviões. Os chapéus com muitas penas e pássaros empalhados são características da moda na Belle Époque. Época que é justamente a transição, na Inglaterra, do reinado da rainha Vitória, caracterizado pela sobriedade, já que ela vestiu o luto até o fim da vida, para o reinado do hedonista Eduardo VII, onde a moda era ainda mais luxuosa por coloridos, plumas e bordados. O desfile de McQueen exibiu, golas altas, de acordo com o período que o influenciou (fim do séc. XIX e início do séc. XX), vestidos balonê de tafetá, rendas marfim e peles. Exibiu um vestido longo, todo de pequenas plumas, as quais formavam a própria estampa, (não por mera coincidência) semelhante ao famoso “vestido-pavão” de 1903, desenhado por Jean-Philippe Worth, com plumas interligadas, bordado na Índia com seda, fios de metal e asas iridescentes de besouro. A apresentação de McQueen foi classificada como “Anarchy and Romance”, pois, como se não bastasse, teve também inspiração punk e xadrez escocês, com direito a gaitas de folie e tudo.

Chapéus e máscaras apareceram em diversos desfiles, seja “glamourisando” as criações ou escondendo o rosto das modelos. Estilo baile de máscaras, terroristas, esgrimistas e outros. O que nos traz à lembrança, heróis mascarados do cinema; Jason, Ed Gein, e o mais recente V de Vingança. John Galliano, decepcionou quem esperou um novo show como é de praxe em seus desfiles, com uma coleção comercial, mas não menos bela, usou chapéus e botas fantásticas e envelhecidas inspiradas na Guerra da Secessão. Balenciaga fez uso dos acessórios de equitação.

As formas “Balão” são uma tendência forte para o outono/inverno, além do balonê, que ainda não pegou pelas ruas brasileiras, as saias godês armadas, casacos e saias com peles, e mangas fofas estilo princesa. Mais sinais da influência vitoriana.

As peles, como sempre para o inverno, estão belíssimas, muito usadas de todas as formas possíveis, capas, casacos, jaquetas, mantôs e etc., deixando a moda francesa ainda mais “glamourosa” e o pessoal do PETA ainda mais furioso.

*Ana Carolina Acom é uma Filósofa da moda - formada em Filosofia pela UFRGS, pesquisa moda e semiótica das vestimentas.

Fotos: Reprodução


Copyright © 2006 - 2013 - modamanifesto
Site melhor visualizado no Mozilla Firefox e no Google Chrome.